Boas notícias: diretor de Roland Garros dá novidades sobre a lesão de Federer

Por José Morgado - Fevereiro 20, 2020
Federer
Fonte: Getty Images

Guy Forget, diretor de Roland Garros, lamentou esta quinta-feira que Roger Federer volte a falhar o seu torneio, tal como aconteceu em 2016 (joelho esquerdo), 2017 (opção) e 2018 (opção). Desta feita, o problema é uma lesão no joelho direito, que o obrigou a fazer uma artroscopia esta quinta-feira. O antigo tenista gaulês descansou, no entanto, os fãs mais pessimistas de Federer em relação à gravidade do problema.

“Estive ao telefone com o seu agente, Tony Godsick, que me explicou qual a lesão do Roger. Trata-se de um problema no menisco que já era antigo e a lesão é relativamente simples de debelar”, confessou Forget, antes de explicar a razão pela qual é mais sensato parar, ainda para mais na idade que o suíço tem. “Durante quatro semanas não poderá fazer muito mais do que reabilitação. E vai perder ritmo de treino, pelo que se tentar voltar demasiado rápido os joelhos podem voltar a sentir. É uma boa decisão para ele voltar apenas na relva”.

Em declarações ao jornal ‘L’Equipe’, Forget referiu que Roland Garros terá na mesma muitos pontos de interesse em 2020. “Temos o novo teto amovível, as sessões noturnas e, claro, todos os restantes melhores jogadores do Mundo. Mas é claro que eu queria ter todos”, assumiu.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.