Berrettini: «Falei com Djokovic e não vou dar dinheiro ao fundo de ajuda»

Por Tiago Ferraz - Maio 20, 2020
matteo-berrettini

Matteo Berrettini deu uma entrevista à EuroSport Itália onde abordou a possibilidade de apoiar tenistas em dificuldades devido à pandemia, mas já decidiu que não vai contribuir para o fundo de ajuda e explica porquê.

“Estive a refletir e a olhar para as minhas prioridades e cheguei à conclusão que nenhum jogador, de qualquer modalidade, deve estar numa posição de ajudar outro tenista financeiramente”, disse.

O italiano e número oito mundial explica porquê e revela a quem é que, na sua ótica, cabe essa ‘responsabilidade:

“Eu acho que esta matéria é responsabilidade das Federações, ITF, ATP e WTA. São estas entidades que fazem com que os torneios se realizem e nós, os jogadores, pagámos com a nossa performance. Eles têm de cuidar de nós. A questão é muito mais profunda”, assinalou.

Recorde-se que Novak Djokovic criou um Fundo de Ajuda que pretende ajudar os tenistas em dificuldade, mas Dominic Thiem foi outro tenista que se mostrou reticente em ajudar assim como outras figuras da modalidade.

Tiago Ferraz
Jornalista de formação, apaixonado por literatura, viagens e desporto sem resistir ao jogo e universo dos courts. Iniciou a sua carreira profissional na agência Lusa com uma profícua passagem pela A BolaTV, tendo finalmente alcançado a cadeira que o realiza e entusiasma como redator no Bola Amarela desde abril de 2019. Os sonhos começam quando se agarram as oportunidades.