Bencic alcança maior final da carreira nos Jogos Olímpicos e garante medalha

Por José Morgado - Julho 29, 2021

Belinda Bencic, número 12 do ranking mundial e antiga top 5, viveu esta quinta-feira o momento mais especial da sua carreira, ao qualificar-se para a final dos Jogos Olímpicos de Tóquio’2020, aos 24 anos. A Suíça, sem Roger Federer e Stan Wawrinka neste torneio, confirma mais uma medalha na modalidade. Desde 1992, os helvéticos só não venceram uma em Atlanta’1996, Sydney’2000 e Atenas 2004.

Numa meia-final emocionante, que se prolongou por quase três horas, Bencic derrotou a cazaque Elena Rybakina, 20.ª da hierarquia mundial, por 7-6(2), 4-6 e 6-3, depois de salvar meia-dúzia de set points no primeiro set e de recuperar de break de atraso no terceiro e decisivo parcial.

Bencic espera por Elina Svitolina ou Marketa Vondrousova na final de sábado, ao passo que Rybakina joga pela medalha de bronze nesse mesmo dia.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.