Bajin recorda Osaka com saudade: «Não estava preparado para a chamada devastadora do agente dela»

Por Nuno Chaves - Junho 18, 2019

Uma das notícias mais surpreendentes desta temporada foi o fim da relação profissional entre Sascha BajinNaomi Osaka. O técnico lançou um livro onde aborda as suas experiências enquanto treinador e, em vários capítulos publicados pelo WTA, falou da número um mundial.

Bajin não escondeu o carinho que sente pela nipónica. “Pus muito amor em ajudar a Naomi, bem como dedicação e muito trabalho. Estou orgulhoso do que alcançou. Não creio que haja outro trabalho que tenha tão pouca estabilidade como um treinador de ténis que trabalha com um atleta de elite, já que o jogador pode decidir colocar um ponto final a qualquer altura”, admitiu o treinador, que agora trabalha com Kristina Mladenovic.

Sascha recordou o dia em que Osaka o despediu. “Esta profissão não me preparou para a chamada devastadora do agente da Naomi ao dizer-me que a Naomi queria terminar tudo. A Naomi e eu estivemos reunidos nesse mesmo dia, com o resto da equipa, mas eu achava que íamos resolver tudo, que ela ainda me ia querer a seu lado. Sinto-me triste de termos terminado poucos dias depois da Naomi ter vencido o seu segundo Grand Slam”, confessou, sem rodeios, deixando ainda assim, a porta aberta para um regresso desta parceria no futuro.

Leia todos os capítulos publicados por parte do WTA aqui

 

  • Categorias:
  • WTA
Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.