As reflexões de Badosa: «Quando se ganha pensamos logo o que vem a seguir»

Por Pedro Gonçalo Pinto - Julho 15, 2022
badosa

Paula Badosa tem sido uma das mais interessantes histórias no circuito feminino nos últimos dois anos. A espanhola disparou no ranking, quebrou obstáculos atrás de obstáculos e agora é a número quatro da hierarquia mundial feminina. Como é que se chega lá? Com o vício de ganhar, como a própria confessou nas redes sociais.

“Estaria a mentir se dissesse que ganhar ou perder não importa no desporto de elite. Claro que importa, é o que persegues diariamente, a vitória. Mas não é tudo e é isso que estou a aprender agora mesmo. Ganhar é efémero, chega e vai. Quando se ganha, pensamos logo o que vem a seguir. Não dá tempo para desfrutar sequer. Mas apesar de tudo, continuamos atrás dessa sensação. É a melhor do Mundo. É aditiva, queres sempre mais”, escreveu.

Badosa confessa ainda que se sente uma felizarda pelo que tem vivido. “Muitas vezes não me apercebo de como sou sortuda por viver tudo o que estou a viver, experiências que nunca pensei que iria viver quando comecei a jogar ténis. Custou-me tudo muito e continua a ser difícil gerir e ver as coisas desta maneira, mas apercebi-me de que o que é realmente bonito é o caminho”, rematou.

  • Categorias:
  • WTA
Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.