Alcaraz reage a pneu rumo aos ‘quartos’ de Winston-Salem e junta-se a Carreño e Gasquet

Por Pedro Gonçalo Pinto - Agosto 26, 2021
alcaraz

Carlos Alcaraz, jovem prodígio de apenas 18 anos, está nos quartos-de-final de um torneio do ATP Tour pela terceira vez na carreira, depois de um encontro que foi uma autêntica montanha russa. Mas uma daquelas com grandes subidas e descidas, como é fácil perceber pelo resultado com Marton Fucsovics. É que o número 54 do ranking mundial masculino pareceu desligar do encontro no segundo set antes de reagir de forma implacável e com uma maturidade impressionante.

A defrontar o 4.º cabeça-de-série e 42.º do ranking ATP, Alcaraz garantiu o apuramento para o top 8 do ATP 25o de Winston-Salem com os parciais 6-3, 0-6 e 6-2. Na segunda partida, o espanhol teve ponto de break a abrir, não o aproveitou e passou por uma sequência de 15 pontos perdidos de forma consecutiva antes de ser castigado com o pneu. Quando se pensava que podia ter desligado de vez do encontro, a verdade é que mostrou uma força brutal para fazer um terceiro set de alto nível – arrancou logo para 4-0 – e fechou a questão. Depois do título em Umag e das ‘meias’ em Marbella, Alcaraz estreia-se nos ‘quartos’ em hard courts e vai defrontar o norte-americano Marcos Giron.

Outro espanhol que seguiu em frente, mas sem drama, foi Pablo Carreño Busta. O principal pré-designado e 12.º melhor do mundo bateu facilmente o alemão Dominik Koepfer, descomplicando a questão com os parciais 6-2 e 6-3 em pouco mais de uma hora. Segue-se o bielorusso Ilya Ivashka. Já Richard Gasquet (82.º)  voltou a fazer o tempo andar para trás e brilhou com uma exibição de alto nível para derrotar o britânico Daniel Evans (27.º) em apenas dois sets, por 6-4 e 7-6(4).

Pedro Gonçalo Pinto