Alcaraz faz história, conquista Rio Open aos 18 anos e entra no top 20

Por José Morgado - Fevereiro 20, 2022
Alcaraz
Foto: Bruno Alencastro/Bola Amarela

Carlos Alcaraz, de apenas 18 anos e 9 meses, fez história este domingo ao conquistar a edição de 2022 do Rio Open. O jovem espanhol, um verdadeiro talento geracional como há muito não se via na modalidade, torna-se no jogador mais jovem de sempre (a categoria foi criada em 2009) a vencer um torneio ATP 500 e vai entrar no top 20 mundial mais cedo do que todas as lendas do ténis, incluindo Rafael Nadal, Novak Djokovic e Roger Federer.

Numa final que prometia muito, o ainda número 29 do ranking ATP derrotou o argentino Diego Schwartzman, 14.º ATP e campeão do torneio carioca em 2018, por 6-4 e 6-2, num encontro resolvido em 1h30. O espanhol venceu 9 dos últimos 11 jogos do encontro para alcançar o maior título da sua vida na Cidade Maravilhosa. Alcaraz jogou um encontro praticamente perfeito (acabou com 21 winners e apenas 8 erros não-forçados), com pontos absolutamente espetaculares de todo o género.

O argentino tentou lutar como pôde, jogou muito bem até meio do primeiro set, mas acabou por ser ultrapassado em potência e qualidade por um jogador que ao seu melhor já é muito díficil de acompanhar mesmo pelos melhores jogadores do Mundo.

Este é o segundo título da carreira de Alcaraz, que tinha vencido o 250 de Umag, em julho do ano passado, para além de ter conquistado também em 2021 o Challenger 125 de Oeiras, onde consumou, na altura, a entrada no top 100 no final de maio.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.