Alcaraz faz algo inédito nos últimos 13 anos rumo à primeira final da carreira e encara Gasquet

Por Pedro Gonçalo Pinto - Julho 24, 2021
alcaraz

Aí está aquela que pode vir a ser a primeira de muitas finais para Carlos Alcaraz. O prodígio espanhol, de apenas 18 anos, fez mais uma grande exibição para garantir o acesso ao encontro decisivo do ATP 250 de Umag, onde vai ter pela frente o veterano Richard Gasquet. Mas vamos por partes. Antes de olhar para Gasquet, importa ver como o jovem craque impressionou para se tornar no finalista mais jovem do circuito ATP desde Kei Nishikori, então em Delray Beach… em 2008, quando o nipónico também só tinha 18 anos (e bateu James Blake na final).

Alcaraz superou, curiosamente, o primeiro adversário que teve pela frente na carreira em torneios do ATP Tour, então no Rio de Janeiro. Falamos do experiente Albert Ramos (43.º ATP), campeão em título do Millennium Estoril Open, que, mais uma vez, não resistiu a toda a potência do seu compatriota mais novo, caindo com os parciais 6-2 e 7-6(3). O primeiro set foi, de facto, um autêntico arraso, mas o segundo trouxe muito mais equilíbrio, embora tenha sido Alcaraz a ter um break de vantagem em três ocasiões, antes de mostrar sangue frio para resistir no tie-break.

Atualmente no 73.º posto do ranking ATP, Alcaraz prepara-se para um encontro que poderá ditar o primeiro título da sua carreira, mas para celebrar esse feito terá de passar por Richard Gasquet. O francês de 35 anos fez o tempo andar para trás e chegou à sua primeira final desde… 2018, sendo que tem 15 troféus e 16 finais perdidas na carreira. Gasquet (59.º) ultrapassou uma intensa maratona frente ao alemão Daniel Altmaier, num encontro que se resolveu com os parciais 7-6(2), 3-6 e 6-3, ao cabo de… 3h11.

Pedro Gonçalo Pinto