Alcaraz bate ex-campeão Cilic em batalha épica que acabou às 2h30 da manhã e vai ser (pelo menos) top 3 ATP

Por José Morgado - Setembro 6, 2022

Carlos Alcaraz, de apenas 19 anos, entrou em court esta segunda-feira ao final da noite para jogar o seu primeiro encontro desde as eliminações de Daniil Medvedev e Rafael Nadal nos oitavos-de-final do US Open e… sofreum mas não tremeu! O espanhol, número quatro do Mundo, qualificou-se para os quartos-de-final em Nova Iorque pelo segundo ano consecutivo e garantiu que, na pior das hipóteses, será top 3 mundial depois do US Open, confirmando ultrapassagens a Daniil Medvedev e Alexander Zverev.

Num encontro de contornos épicos e que terminou já depois das duas da manhã em Nova Iorque — um dos finais de jornada mais tardios da história da prova –, Alcaraz derrotou o croata Marin Cilic, número 17 do Mundo, campeão do US Open em 2014 e único campeão de Grand Slam que ainda sobrava neste quadro, por 6-4, 3-6, 6-4, 4-6 e 6-3, numa batalha que ultrapassou que quase chegou às quatro horas e foi muito interessante, com pontos espetaculares e muitas voltas e reviravoltas no marcador. Alcaraz, que ainda não tinha perdido sets no torneio, melhorou o seu registo em quintas partidas para 6-1.

Alcaraz, que pode sair de Nova Iorque como número um do Mundo — se for campeão ou perder na final com alguém que não Casper Ruud — vai agora defrontar nos quartos-de-final o único jogador a derrotá-lo por mais do que uma vez em 2022: Jannik Sinner, número 13 do Mundo.

[VÍDEO] O que é isto? Alcaraz ganha ponto de outro Mundo no US Open

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.