A força da Armada: houve um espanhol em 19 das últimas 20 ‘meias’ em Monte-Carlo

Por Pedro Gonçalo Pinto - Abril 16, 2022

O ténis espanhol respira saúde… e isso acontece já há muito tempo. Prova disso é a impressionante regularidade que se pode ver no Masters 1000 de Monte-Carlo, naturalmente um dos torneios mais importantes do Mundo. Ora, com a presença inesperada de Alejandro Davidovich Fokina nas meias-finais desta edição, só por uma vez nas últimas 20 edições da prova monegasca não houve um membro da Armada no top 4.

A única exceção aconteceu, curiosamente, na temporada passada. Aí, o elenco foi composto por Stefanos Tsitsipas, Daniel Evans, Andrey Rublev e Casper Ruud, mas a verdade é que até nessa edição esteve quase a confirmar-se um espanhol nas ‘meias’. É que Davidovich desistiu nos ‘quartos’ contra Tsitsipas, enquanto Rafael Nadal foi eliminado por Rublev.

https:\/\/bolamarela.pt//bolamarela.pt//twitter.com/OnlyRogerCanFly/status/1514937134909693954?s=20&t=OflpjbV-LP24FOnRrytBnA

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.