Portugal 0-1 Letónia: Inês Murta não resiste à número dois letã

A terceira e última jornada de Portugal em Tallin, na Estónia, não começou da forma desejada, com Inês Murta, que ocupa a 546.ª posição do ranking WTA, a não resistir à número dois da Letónia e 307.º mundial, Diana Marcinkevica, cedendo pelos parciais de 1-6 e 2-6, em uma hora e nove minutos.

Apesar do deslize da algarvia de 19 anos no primeiro encontro do confronto com a Letónia, referente à Pool C do Grupo I da zona euro-africana da Fed Cup, Portugal pode ainda confirmar a permanência no Grupo I esta sexta-feira, evitando jogar a repescagem amanhã.

É com esse cenário em mente que Michelle Larcer de Brito entra de seguida em court, para defrontar a número um letã, Jeļena Ostapenko, número 35 do ranking mundial. Quanto ao encontro de pares, Neuza Silva, selecionadora nacional, volta a apostar na número um nacional e na jovem de 16 anos Francisca Jorge, que defrontam Diana Marcinkevica  e Daniela Vismane.

Sobre o autor
-

Descobriu o que era isto das raquetes apenas na adolescência, mas a química foi tanta que a paixão se mantém assolapada até hoje. Pelo meio ficou uma licenciatura em Jornalismo na Escola Superior de Educação de Viseu e um Secundário dignamente enriquecido por cadernos cujas capas ostentavam recortes de jornais de Lleyton Hewitt. Entretanto ganhou (algum) juízo, um inexplicável fascínio por esquerdas paralelas a duas mãos e um lugar no Bola Amarela. A escrever por aqui desde dezembro de 2013.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *