Zvonareva volta a uma meia-final de nível Premier mais de sete anos depois

Por José Morgado - Fevereiro 1, 2019
ST PETERSBURG, RUSSIA FEBRUARY 1, 2019: Russia’s Vera Zvonareva returns a shot in a 2019 WTA Premier St Petersburg Ladies Trophy quarterfinal singles match against Russia’s Daria Kasatkina (not in picture) at Sibur Arena. Peter Kovalev/TASS (Photo by Peter KovalevTASS via Getty Images)

Mais de sete anos depois, Vera Zvonareva, agora com 34 anos, está de volta às meias-finais de um torneio de nível Premier do circuito WTA. A russa, que nos últimos anos andou afastada dos grandes palcos devido a múltiplas lesões, numa segunda fase, ao nascimento da sua filha, garantiu esta sexta-feira um lugar no top 4 do WTA Premier de São Petersburgo, um dos maiores torneios de ténis do seu país, naquele que é o seu melhor resultado desde as WTA Finals… de 2011!

Num duelo cem por cento russo, Zvonareva protagonizou um triunfo simbólico diante da atual número um do país, Daria Kasatkina, 13.ª do ranking WTA, por 6-3 e 7-6(3), num encontro que até poderia ter resolvido de forma mais rápida, se tivesse aproveitado uma das suas chances que teve ao serviço para fechar o encontro, a 5-4 e 6-5.

A experiente tenista russa, antiga número dois mundial e agora de volta ao top 100, vai defrontar nas meias-finais a jovem croata Donna Vekic, responsável pela eliminação de Petra Kvitova nos ‘quartos’.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.