Zverev: «Tenho que manter a mesma mentalidade em Grand Slams»

Por Nuno Chaves - 13 Janeiro, 2019

Faltam poucas horas para o começo do Open da Austrália e alguns dos melhores jogadores do mundo passaram pelos jornalistas para fazerem a antevisão do primeiro Grand Slam da temporada. Alexander Zverev, número quatro mundial e um dos candidatos à vitória, nunca passou dos quartos de final em Majors, mas depois do triunfo nas ATP Finals entra na competição de esperanças renovadas.

Para o alemão, o segredo passa por… manter a mentalidade. “Em Londres cheguei sem jogar o meu melhor ténis. Era o último torneio do ano, com toda a gente cansada mas queria desfrutar. Acabei por ganhar e aprendi muito, dei conta que preciso de ter essa mesma mentalidade quando jogo os Grand Slams, por isso, espero conseguir”, explicou em conferência de imprensa.

Zverev também falou da pressão que sente. “O ténis é um desporto que amo em qualquer vertente. Há sempre muita pressão cada vez que estes torneios chegam, é sempre a mesma pergunta: ‘Quando vais ganhar um Grand Slam?’. Na realidade não ponho nenhuma pressão em mim, honestamente. Aqui nunca passei da terceira ronda, vamos ver como vai ser esta temporada”, confessou, deixando claro que a queda que teve num treino não teve consequências físicas.

Recorde-se que Zverev defronta na primeira ronda do Australian Open, o esloveno Aljaz Bedene.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.