Zverev rende-se: «Não há ninguém como Djokovic, é o melhor de todos os tempos»

Por Pedro Gonçalo Pinto - Setembro 11, 2021

Alexander Zverev procurava travar a caminhada histórica de Novak Djokovic e empurrou as meias-finais do US Open para um quinto set, mas acabou mesmo por cair. O alemão mostrou-se rendido ao poderio do número um do mundo, garantindo que ninguém se compara ao sérvio.

“O que Nole faz por este desporto é brutal. Ninguém pensou que se ia voltar a repetir o que Rod Laver fez há muitos anos. No domingo terá uma grande oportunidade para fazer história. Penso que Novak vai querer bater todos os recordes que há no ténis. Se olhares para as estatísticas e estilo de jogo, não há ninguém como ele, é o melhor de todos os tempos. É o tenista com mais semanas como número um, ganhou os Masters 1000 todos mais do que uma vez e provavelmente vai acabar como jogador com mais Grand Slams. Como é que competes com isso?”, questionou.

Ora, essa pergunta foi devolvida a Zverev, que elencou o porquê de ser tão difícil derrotar Djokovic. “Precisas que ele não jogue ao seu melhor nível e tu tens de o fazer. Por isso é que é o número um. Tira o melhor de si quando necessita. Tivemos trocas de bola de até 55 pancadas. Por mais que quisesse fazer o winner ele defendia-se muito bem. Há muitas razões pelas quais continua a ser o melhor disto. Mas a mais importante é que é o jogador com melhor mentalidade que já enfrentei. Nos momentos importantes, preferia jogar contra outra pessoa qualquer que não fosse ele”admitiu.

Pedro Gonçalo Pinto