Zverev explica o porquê de estar em Paris sem o treinador Ivan Lendl: «Não tinha sentido ele vir»

Por Nuno Chaves - Junho 2, 2019
Foto: REUTERS/Benoit Tessier

Alexander Zverev, número cinco mundial, garantiu este sábado a sua qualificação para os oitavos de final de Roland Garros, ao sobreviver a uma batalha de cinco sets.

O alemão está à procura de recuperar a melhor forma mas, apesar disso, surpreendeu ao estar em Paris… sem o treinador Ivan Lendl. Sascha justificou o porquê. “Não está aqui mas vem na temporada de relva. Joguei em Genebra e não tive muito tempo para preparar este torneio”, começou por dizer, em conferência de imprensa.

“Pensámos que não tinha sentido ele vir aqui só com um treino de preparação. Por isso decidimos que vinha a Paris por mim mesmo mas não se preocupem porque na relva vão fartar-se de vê-lo”, admitiu Zverev que garantiu ainda estar em contacto diário com o técnico.

Zverev, recorde-se, defronta agora Fabio Fognini nos oitavos de final.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.