Bolsova, a tenista surpresa de Roland Garros: «Há muita superficialidade no WTA»

Por José Morgado - Junho 2, 2019

Aliona Bolsova tem 21 anos, nasceu na Moldávia, representa a Espanha e está pela primeira vez nos oitavos-de-final de um torneio do Grand Slam… logo na sua estreia. De visual diferente do habitual no circuito feminino, a jovem assume que gosta de ser diferente e destaque a superficialidade da maioria das jogadoras do WTA.

“Não gosto do cabelo comprido, da trancinha, do vestido… sou diferente. Jogo sempre de calções, de fita e com o cabelo curto. Sou como sou, sou diferente. Faz falta alguma personalidade ao circuito feminino. Há muitas jogadoras que passam por mim no balneário e olham-me por cima, como se por estarem acima de mim no ranking tivessem mais valor do que eu. As coisas não são assim”, disparou Bolsova em declarações ao ‘El País’.

A jovem do país vizinho acredita que com o dinheiro que já ganhou em Roland Garros (243 mil euros brutos) tem condições para melhorar a sua carreira. “Tenho dado passos pequenos no profissionalismo, aos poucos, mas o dinheiro que ganhei aqui já chega para pagar à minha equipa até ao final do ano.”

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.