Zverev: «Estive infeliz durante todo o ano, dentro e fora de court»

Por José Morgado - Novembro 17, 2019
zverev-londres

Alexander Zverev fechou este sábado a sua temporada no sétimo posto do ranking mundial, depois de um 2019 muito abaixo daquilo que fez em 2017 e 2018, quando terminou no top 4 ATP. O alemão de 22 anos não esconde que foi uma época difícil e falou abertamente dos seus problemas.

“Estive infeliz durante todo o ano, dentro de fora do court. Para mim, terminar a número 7 do Mundo tendo em conta aquilo que fui sentido, parece-me incrível. Pensei que não fosse possível. É claro que gostaria de ter vencido mais torneios [só ganhou o ATP 250 de Genebra] e de ter ido mais longe em torneios importantes, mas não consegui. Sinto que comecei a jogar melhor depois do US Open e isso dá-me boas perspetivas para o início de 2020”, assumiu o alemão em conferência de imprensa.

Em 2019, Zverev entrou em litígio com o seu empresário — que lhe pede milhões em tribunal — separou-se de Ivan Lendl, terminou o seu namoro, voltou para a namorada, voltou a terminar o namoro e já arranjou… outra namorada. Eventos a mais, aos quais ainda se junta um problema de estigmatismo e fá-lo-á ser operado em breve aos olhos, durante a pré-época para 2020.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.