Zverev elogia: «Ninguém é como o Federer, o que ele faz com 37 anos é algo totalmente único»

Esta sexta-feira foi dedicada ao Media Day em Londres e os craques fizeram as respetiva antevisões para as ATP Finals, que arrancam já este domingo. Alexander Zverev passou pela sala de imprensa e falou das suas expectativas para a edição deste ano.

“No ano passado tive a oportunidade de estar nas meias-finais mas não consegui porque perdi com o Sock. Espero que este ano seja diferente. Tenho um grupo muito duro, com grandes jogadores como o Novak e o Cilic, que joga muito bem nesta superfície. Estou com vontade de jogar a um grande nível”, confessou o número cinco mundial.

Sascha também deixou uma palavra para Roger Federer, que parece ter reencontrado a melhor forma. “Não sei o que vai ser de mim quando tiver 37 anos. Espero que ainda esteja a jogar ténis mas ninguém é como o Roger. O que está a fazer com esta idade é incrível e algo totalmente único. É muito difícil que consigamos ver alguém com essa idade a jogar ao nível que o Federer está nestes últimos meses”, elogiou o alemão.