Zverev deixa garantia sobre US Open e desabafa: «Os dias agora são muito longos…»

Por Nuno Chaves - Julho 22, 2022

Alexander Zverev continua a recuperar depois da grave lesão contraída no pé esquerdo frente a Rafa Nadal, nas meias-finais de Roland Garros e o alemão mal pode esperar para voltar à competição.

O alemão deu uma entrevista ao Eurosport onde fez mais um ponto de situação. “O processo está a correr muito bem. Estou a fazer progressos importantes todos os dias e estou ansioso pela próxima fase que me vai colocar cada vez mais perto de um court de ténis. Ainda não sei a data do regresso mas estou a trabalhar diariamente para que aconteça o mais depressa possível”, admitiu.

O desejo de Sascha é jogar o US Open mas ele garante que só vai… se estiver a 200%. “Não quero jogar a primeira ronda do US Open e depois viajar para casa com a experiência. Quero jogar o US Open para ter a chance de ir longe e competir com os melhores jogadores. Só consigo fazer isso se estiver completamente saudável”.

E quanto ao seu dia a dia, Zverev não tem dúvidas. “Os dias são muito longos. Começas muito cedo e acabas de noite. Fazemos muitos exercícios, há sempre novos que são acrescentados permanentemente. O pé está tratado, a mobilidade está a ser trabalhada, a força e estabilidade estão a ser reconstruídas”, garantiu.

https:\/\/bolamarela.pt//bolamarela.pt//bolamarela.pt/zverev-ainda-acredito-que-posso-jogar-o-us-open/

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.