WTA toma medidas e Svitolina vai mesmo defrontar tenista russa em Monterrey

Por Pedro Gonçalo Pinto - Março 1, 2022
svitolina-miami

Elina Svitolina abanou as estruturas do ténis mundial quando garantiu que não ia defrontar tenistas russas ou bielorrussas enquanto as recomendações do Comité Olímpico Internacional não fossem aceites. Ora, a ucraniana dispôs-se mesmo a desistir do WTA 250 de Monterrey, onde ia – e vai – defrontar a russa Anastasia Potapova, mas só depois de o circuito feminino avançar para algumas mudanças.

Ora, segundo explicou a própria Svitolina, as russas e bielorrussas vão jogar sem bandeiras e sem designação de país. “As pessoas responsáveis pela transmissão do encontro, além daqueles que estão no estádio, confirmaram que todas as bandeiras e designações escritas que façam referência à Rússia serão apagadas durante o encontro”, afirmou Svitolina, em declarações à BTU.

Desta forma, pode estar encontrada a forma de os tenistas russos – e bielorrussos – continuarem a competir livremente nos respetivos circuitos, depois de o COI recomendar que não deveriam ser autorizados atletas a representar aqueles países devido à invasão russa que está em curso na Ucrânia.

Svitolina recusa-se a defrontar russas e bielorrusas (ia jogar com uma) enquanto recomendações do COI não forem aceites

  • Categorias:
  • WTA
Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.