Wimbledon vai mesmo banir tenistas russos e bielorrussos: anúncio está para breve

Por Pedro Gonçalo Pinto - Abril 20, 2022
medvedev

Os rumores foram crescendo e agora há cada vez mais certezas avançadas pela impresa internacional. Tudo indica que o All England Lawn Tennis Club vai proibir os tenistas russos e bielorrussos de participarem na próxima edição de Wimbledon devido à invasão de que a Ucrânia está a ser alvo. Esta informação pode ser confirmada muito em breve, mesmo até antes da conferência de imprensa que foi marcada para 26 de abril.

Caso se torne oficial, então Wimbledon irá ser o primeiro torneio de ténis que toma uma decisão deste calibre, sendo que a pode levar a cabo unilateralmente por se tratar de uma organização independente, ao contrário do que acontece com as provas do ATP Tour ou do WTA Tour.

Tal como tem sido referido ao longo das últimas semanas, existe o receio de que as vitórias de tenistas russos e bielorrussos fortaleçam Vladimir Putin, embora, numa fase inicial, até tenha sido admitido que podia ser suficiente haver uma declaração pública por parte dos russos e bielorrussos de que estavam contra o presidente da Rússia.

Agora, a verdade é que Daniil Medvedev, Andrey Rublev, Aslan Karatsev, Karen Khachanov, Aryna Sabalenka, Anastasia Pavlyuchenkova e companhia devem mesmo ficar de fora de Wimbledon, falhando assim o terceiro Grand Slam da temporada. Antes ainda se joga Roland Garros, onde não é esperado nada deste tipo.

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.