Wimbledon não terá seguro contra pandemias em 2021: «É impossível»

Por Tiago Ferraz - Junho 29, 2020
wimbledon

O torneio de Wimbledon surpreendeu tudo e todos quando anunciou que tinha um seguro contra pandemias depois da prova ter sido cancelada devido à pandemia de coronavírus.

O CEO do Grand Slam londrino, Richard Lewis, admite, no entanto, que em 2021 o cenário será bem diferente uma vez que é  “impossível” ao torneio voltar a ter um seguro deste género na atual conjuntura:

“É impossível (ter um seguro contra pandemias) na situação atual (…) Eu acho que fui claro quanto ao cancelamento do torneio: nós cancelamos o torneio porque tínhamos que o fazer. Não podia haver “ses” ou “mas”. Eu não acredito que a questão do seguro vá ser assim tão relevante. Não foi, definitivamente, relevante este ano. Se nós pudéssemos ter colocado o torneio em alguma data isso seria uma realidade”, disse ao Metro.

Ainda assim, Richard Lewis falou ainda da edição de 2021 do torneio de Wimbledon e admite que o futuro a longo prazo é mas importante:

“Eu acho que, com a falta de um seguro contra pandemias no próximo ano, Wimbledon vai fazer o que for correto para o torneio a longo prazo. Não vamos pensar a curto prazo”, admitiu.

Tiago Ferraz
Jornalista de formação, apaixonado por literatura, viagens e desporto sem resistir ao jogo e universo dos courts. Iniciou a sua carreira profissional na agência Lusa com uma profícua passagem pela A BolaTV, tendo finalmente alcançado a cadeira que o realiza e entusiasma como redator no Bola Amarela desde abril de 2019. Os sonhos começam quando se agarram as oportunidades.