Vickery denuncia medical time out ilegal (e invulgar) da adversária em momento crítico no US Open

Por Nuno Chaves - 23 Agosto, 2019

A jornada desta quinta-feira no US Open, dedicada aos jogos da segunda ronda da fase de qualificação, ficou protagonizada por um momento polémico na variante feminina.

Tudo aconteceu no duelo entre Saschia VickeryIsabella Shinikova: o encontro estava no tie-break decisivo do terceiro set quando a norte-americana Vickery vencia por 6-2 e, aos 6-4, aconteceu uma situação que a jogadora de 24 anos criticou no Twitter.

Shinikova apresentou cólicas, pediu o medical time out, que foi aceite, e recuperada, salvou os restantes match points e acabou mesmo por triunfar e seguir para a ronda final de acesso ao quadro principal. Acontece que este medical time out não deveria ter sido aceite uma vez que Shinikova não apresentava qualquer problema físico.

Eis as palavras de Vickery: “Pediu o medical time out, que é contra as regras. Sem surpresas ninguém vai fazer absolutamente nada sobre isto e nada vai acontecer”, pode ler-se.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.