Verdasco: «Juntaram-se os três melhores da história na mesma década»

Por Bola Amarela - 19 Fevereiro, 2019

Sem que tenha tido uma próspera passagem pelo ATP 500 de Roterdão, na Holanda, Fernando Verdasco considera que a nova temporada está a decorrer favoravelmente, vendo o copo meio cheio, em entrevista ao WRadio. “Todas as semanas ganho encontros, e isso é importante, ainda que não consiga derrotar os melhores”, sublinhou o espanhol de 35 anos.

E, falando nos melhores dos melhores, o atual número 26 mundial não guarda elogios. “Todos os jogadores têm os seu estilo. O Federer é o que tem mais títulos e, para mim, é o mais talentoso da história. O Djokovic é muito completo, muito agressivo, e o Rafa joga um pouco mais atrás da linha de fundo, porque têm estilos diferentes. Cada um à sua maneira, é o melhor da história. Talvez se tenham juntado os três melhores da história na mesma década”.

Falando do ténis do seu país Verdasco, considera que “o ténis espanhol é ofuscado por Rafal Nadal, um dos melhores jogadores de todos os tempos, o que faz com que os outros sejam vistos como menores, mas a Espanha continua a ser uma grande potência mundial, e espero que assim continue por muitos anos”.