US Open reage ao ‘caso Cornet’ com esclarecimento em comunicado

Por José Morgado - Agosto 29, 2018

O US Open reagiu esta quarta-feira de forma muito célere à recente polémica em torno de Alizé Cornet: a francesa teve de despir a camisola muito rapidamente em court, por perceber que a tinha vestido ao contrário, e levou um warning, o que provocou a revolta de muita gente, incluindo Judy Murray ou Timea Bacsinszky.

“Todos os jogadores podem mudar a sua camisola em court, isso não é uma violação. Lamentamos o warning dado à Cornet e já clarificámos a situação para que não se volte a repetir. Felizmente, esse warning resultou apenas nisso e não numa multa. Se as jogadoras quiserem, poderão trocar-se num lugar com maior privacidade perto do court sem que seja contabilizado um ‘barthroom break'”, esclareceu o US Open.

Recorde-se que o torneio norte-americano fez igualmente uma revisão da sua política ‘anti calor’, ao implementar pausas de 10 minutos em cada encontro, quer feminino, quer masculino, logo a partir dos primeiros encontros da jornada, às 11 da manhã.

https:\/\/bolamarela.pt//bolamarela.pt//twitter.com/usopen/status/1034825250276564994

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.