Tsitsipas levou warning por coaching com Mouratoglou na box mas a culpa foi… da água

Por José Morgado - 22 Janeiro, 2019

O encontro dos quartos-de-final do Australian Open entre o grego Stefanos Tsitispas e o espanhol Roberto Bautista Agut, ganho pelo jovem de 20 anos em quatro sets, ficou marcado por um warning de coaching ao helénico, por uma alegada informação que a sua box lhe tinha passado de forma audível entre o terceiro e o quarto sets.

Ora, no camarote do grego estavam o seu pai, Apostolos, e… Patrick Mouratoglou, o técnico francês envolvido na famigerada polémica relacionada com coaching na final do US Open entre Serena Williams e Naomi Osaka. Tsitsipas ignorou a situação e no final do encontro explicou o que se passou aos jornalistas.

“Nem me apercebi que tinha levado um warning. A única coisa que eles me disseram foi que eu precisava de me hidratar, porque me esqueci de beber água nas trocas de campo e eles estavam muito irritados. Inclusive mandaram-me águas”, confessou o grego em conferência de imprensa.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.