Tsitsipas aprova vacinação obrigatória no Australian Open: «Vou jogar com as condições definidas»

Por Nuno Chaves - Outubro 14, 2021
foto: EPA

Stefanos Tsitsipas avançou para os quartos de final do ATP 1000 de Indian Wells após uma enorme batalha frente a Alex De Minaur, naquele que terá sido o melhor encontro masculino da semana.

O grego, mais tarde, passou pela sala de conferências de imprensa onde fez a análise a esta partida. “Ambos fizemos grandes bolas, a lutar desde a linha de fundo, a tentar mover a bola da esquerda para a direita. A verdade é que houve muitas trocas de bolas, o encontro ficou muito físico ma estava pronto para este tipo de desafios”, confessou o número três mundial.

“Estava preparado para deixar o meu último alento e não ficar parado, estava pronto para esperar pelo meu momento sem apressar-me. Isto requer muita força de vontade, ainda que isto mude muito do dizer ao fazer, mas esta noite estava disposto a lutar durante mais de três horas, se fosse preciso”, garantiu.

Tsitsipas, em poucas palavras, também confessou qual o seu principal objectivo para o final desta temporada. O meu objetivo é terminar entre os primeiros três do mundo”, atirou.

Quanto ao Australian Open, que deverá exigir vacinação aos tenistas, Tsitsipas, que em tempos não foi um defensor da vacina contra a Covid-19, demonstrou um discurso bem diferente. “Vou jogar com as condições definidas, creio que é o justo”, concluiu.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.