Treinador de top 30 WTA não tem trabalho e atira: «Vou entregar pizzas»

Por Tiago Ferraz - Abril 16, 2020
Thomas-Drouet

O  treinador da número 29 mundial Qiang Wang, Thomas Drouet, deu uma entrevista ao L’Equipe onde abordou as dificuldades por que tem passado com a atual situação da pandemia de coronavírus.

«Tenho um contrato que está previsto ser de 35 a 40 semanas. Quando soubemos que os torneios estavam cancelados, no mínimo, até julho, tentamos chegar a um acordo para que eu recebesse 50% por cento do meu salário e eu contava como uma semana inteira. Ela recusou porque não ganha dinheiro. Não tenho ajuda e nesse sentido é uma situação um pouco precária e nem sequer sabemos quando é que o circuito vai ser retomado. Decidimos treinar a partir de junho e três semanas depois vamos para as ilhas Maurícias. Ainda assim, se o circuito for todo cancelado eu não sei como vou fazer», disse.

O treinador aponta mesmo uma solução original…Para ganhar dinheiro:

«Eu vou entregar pizzas», revela ao L’Equipe.

 

Tiago Ferraz
Jornalista de formação, apaixonado por literatura, viagens e desporto sem resistir ao jogo e universo dos courts. Iniciou a sua carreira profissional na agência Lusa com uma profícua passagem pela A BolaTV, tendo finalmente alcançado a cadeira que o realiza e entusiasma como redator no Bola Amarela desde abril de 2019. Os sonhos começam quando se agarram as oportunidades.