Toni Nadal: «Rafa vai superar isto e ainda irá ter mais dois ou três anos bons»

Por Bola Amarela - Outubro 6, 2021

Há dúvidas à volta da recuperação de Rafael Nadal, que não volta a competir este ano devido a uma lesão crónica no pé direito. No entanto, quem está por perto acredita que o campeoníssimo espanhol ainda tem gasolina na tanque para voltar a alcançar grandes resultados, mesmo aos 35 anos.

“Quando Rafa surgiu via-se que Roger ia ser um dos melhores da história. Depois vimos que Novak era especial. Quanto ao Rafa, foi quando completou o Grand Slam, com 24 anos, que eu soube que ia lutar para ser o melhor da história. A sua progressão sempre foi muito condicionada pela lesão congénita no pé, de que agora sofre, e por isso tem muito mérito. Ele está animado, vai superar isto uma vez mais. Sou otimista e a acredito que 2022 pode ser uma boa temporada e ainda irá ter mais dois ou três anos bons. Mas à medida que o tempo avança é mais complicado”, sustentou.

Numa entrevista ao podcast ‘Tres Iguales’, Toni Nadal ainda falou sobre quem o inspirou no Rafael Nadal que ‘criou’. “Quando ele era miúdo sempre quis fazer dele uma mistura entre Vilas e Connors. Fazer dele um jogador muito intenso era primordial, mas também era preciso ter golpes vencedores. Tive muitos anos de trabalho na direita dele para que fizesse winners em qualquer contexto. Mas também melhorou muito a esquerda cruzada com imenso trabalho”, sustentou.

Bola Amarela