Tomic perdeu três sets em 58 minutos e arrisca multa

Por Bola Amarela - Julho 3, 2019
bernard-omic

Pode ter passado despercebido entre tanta coisa que se passou esta terça-feira em Wimbledon, mas o court número 12 do All England Club recebeu nesta primeira ronda um encontro… histórico. Ora, Jo-Wilfried Tsonga, semifinalista de Wimbledon em 2011, derrotou o australiano Bernard Tomic, quartofinalista nesse mesmo ano… por 6-1, 6-2 e 6-4, num encontro à melhor de cinco sets resolvido… em 58 minutos. Leu bem.

Tomic, que perdeu também o encontro mais rápido da história do circuito ATP em Miami 2012, diante de Jarkko Nieminen, em 28 minutos, volta a estar associado a um recorde negativo e incorre numa multa que pode ir até à totalidade do seu prize money (50 mil euros) pelo facto de não se ter empenhado o suficiente.

“Não entreguei o encontro, isso não verdade. Joguei o melhor que consegui, mas a verdade é que joguei pessimamente. Já sabia que se não estivesse ao meu melhor nível nem a sentir-me bem ia perder rapidamente e foi isso que aconteceu. Não é que fosse expectável que jogássemos longas trocas de bola”, disparou.

O All England Club irá analisar as imagens do encontro, mas casos recentes prova que o comité de Grand Slams tem sido implacável.

Bola Amarela