Tomas Berdych e Milos Raonic de regresso às grandes vitórias em Wimbledon

Por admin - 10 Julho, 2017

Num dia claramente marcado pelo monstruoso duelo entre Gilles Muller e Rafael Nadal, há que não esquecer também os importantes triunfos de Tomas Berdych e Milos Raonic sobre dois dos mais promissores jovens do circuito, Dominic Thiem e Alexander Zverev, respetivamente. Inesperados, ou talvez não, o que é certo é que estas vitórias colocam os dois ex-finalistas de Wimbledon de novo na rota dos bons resultados.

Na partida que opôs Berdych a Thiem, cedo se percebeu que o ligeiro favoritismo atribuído ao austríaco podia resultar em surpresa. O checo venceu com segurança o primeiro e o terceiro set, mas via sempre Thiem a voltar ao marcador com grande dose de sofrimento e querer.

Por fim, na partida decisiva, Berdych não perdoou e marcou um lugar nos quartos-de-final, ele que, após as meias-finais do ano passado, não mais voltara a uma segunda semana num torneio do Grand Slam. Na próxima ronda, o checo irá defrontar o vencedor do encontro entre Adrian Mannarino e Novak Djokovic.

Por outro lado, Raonic andou sempre atrás no marcador no confronto frente a Alexander Zverev. Sempre muito apoiado na qualidade do seu serviço, o canadiano ‘disparou’ 23 ases e teve 76% de pontos ganhos no primeiro saque, estatísticas que lhe permitiram levar o encontro a um quinto set, onde foi claramente superior ao alemão. Segue-se Roger Federer no caminho de Raonic, numa reedição da meia-final do ano passado, onde o canadiano saiu vencedor.