Thiem: «Ausência de Federer? É menos um adversário forte»

Por Nuno Chaves - Fevereiro 6, 2021
Foto: Reuters

Continua a contagem decrescente para o Australian Open, prova que arranca já na segunda-feira, e Dominic Thiem aproveitou para fazer uma antevisão do que aí vem.

Este ano, o torneio fica marcado pelo arranque mais tardio, devido à pandemia e também… à ausência de Roger Federer“Este Australian Open é diferente dos anos anteriores. Todos vimos de uma quarentena muito longa. Está a ser tudo muito diferente. Em anos anteriores, estava cheio de pessoas que vinham de cada jornada e esgotavam todos os estádios”, começou por dizer.

“Quanto ao Federer, ainda temos o Djokovic e Nadal em campo. Ambos são os grandes favoritos ao título. Todos os adeptos estão contentes com o regresso do Federer em Doha, por isso, estas vão ser uma das últimas semanas sem o vermos num torneio. A ausência do Federer faz com que haja menos um adversário forte”, brinco o número três mundial.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.