Thiago Wild defende-se e diz-se vítima de difamação

Por Bola Amarela - Outubro 1, 2021
thiago-wild

A equipa de Thiago Wild emitiu uma esta quinta-feira uma nota de imprensa sobre recentes acusações que incidem sobre o tenista. Notícias recentes revelam que a polícia do Rio de Janeiro está a investigar Wild, acusado de violência psicológica, injúria e lesão corporal contra a ex-namorada, a biomédica e influenciadora digital Tayane Lima. O jogador de 21 anos e 129.º do ranking defende-se dizendo que foi vítima de calúnia e difamação.

“Em relação às recentes notícias, contendo as mais diversas afirmações falsas e difamatórias a meu respeito, venho a público prestar alguns esclarecimentos. Conforme amplamente divulgado, decidi recentemente terminar o meu relacionamento afetivo que possuía até então. Em respeito às pessoas envolvidas e em nome da boa postura, mantive a questão no âmbito privado, conduta que infelizmente não foi mútua. Inicialmente, a preservação da intimidade era a postura comum entre nós, mas deixou de ser após o não pagamento de valores exorbitantes que me foram exigidos para que o rompimento não se transformasse numa campanha publicamente difamatória ao meu respeito. Este crime do qual fui vítima já está a ser devidamente apurado pelas autoridades competentes”, acrescentou o atual número 2 do Brasil no ranking da ATP.

Wild está sem jogar desde julho e sofreu recentemente uma lesão no quadril. A expectativa é de que volte ao circuito a disputar Challengers na América Latina, neste mês de outubro.

Bola Amarela