Sumyk repreende Muguruza: «Não me voltas a mandar calar a boca»

Por admin - 24 Março, 2017

Um dia e tanto para Garbine Muguruza em Miami, esta sexta-feira. Além de precisar de suar, e muito, para derrotar Christina McHale na segunda ronda da prova WTA Premier Mandatory, por 0-6, 7-6(6) e 6-4, a espanhola de 23 anos foi co-protagonista de um episódio bastante constrangedor, que não passou ao lado das câmaras televisivas.

Depois de ter sido penalizada com um warning, a jogadora descarregou a sua frustração no seu treinador Sam Sumyk, que aproveitou a sua descida ao court durante a mudança de lado para exigir respeito à sua pupila. “Não me voltas a mandar calar a boca, está bem?!». Muguruza não só assentiu imediatamente e apressou-se a pedir desculpas.

A número seis mundial defronta na terceira ronda do Miami open a chinesa Zhang Shuai.