Sofia Araújo: «Vamos com tudo para cima da Argentina»

 A seleção nacional feminina garantiu o apuramento para as meias-finais do Campeonato do Mundo de Padel, que está a decorrer em Assunção, no Paraguai, depois de uma vitória sofrida, segundo Sofia Araújo, diante a França, por 2-1. O próximo desafio, esse, é contra a Argentina.

“Sabíamos que tínhamos uma tarefa complicada contra a França, mas o alinhamento dos pares saiu de acordo com aquilo que pretendíamos. Queríamos entrar a ganhar logo o primeiro encontro e conseguimos, através da Nogui [Ana Catarina Nogueira] e da Pipa [Filipa Mendonça], com alguma facilidade. Depois o segundo encontro era contra o par número um francês, lutámos, mas infelizmente a vitória não foi possível, e o par decisivo ficou a meu cargo e da Leninha, tal como já havia acontecido com o Brasil”, começou por explicar a lisboeta.

“Entrámos mal, a perder 5-2, e com algum nervosismo, afinal estava em jogo o acesso às meias-finais de um Campeonato do Mundo, mas conseguimos dar a volta e fechar o primeiro set por 7-6. No segundo parcial não houve muita história, fechámos a 6-2”, lembrou.

Graças ao triunfo alcançado frente às gaulesas, a equipa portuguesa e vice-campeã da Europa já conseguiu superar o quinto lugar alcançado em 2016, na Quina da Marinha. “Estamos muito contentes porque é uma meta que já não atingíamos há algum tempo. Tínhamos perdido há dois anos, no último Mundial, contra o Brasil. Desta vez, conseguimos ganhar e, por isso, estamos muito contentes por estar novamente nas meias-finais. Agora vamos lutar contra a Argentina, o que será muito complicado, mas vamos com tudo para cima delas”, assegurou Sofia Araújo, número 35.ª do ranking mundial.

Autor: Sofia Ramos Silva