Sock, Kudla, uma final de Grand Slam e um reencontro inesperado

Por José Morgado - Março 6, 2020
sock-junior

Em 2010, Jack Sock derrotou Denis Kudla numa final totalmente norte-americana do quadro de juniores masculinos do US Open. Os dois tenistas prometiam ter uma grande carreira mas só um conseguiu realmente confirmar o seu potencial. Aos 27 anos, Sock, que venceu esta final, tem um título Masters 1000 (Paris 2017), foi top 10 de singulares e conta ainda com quatro títulos de Grand Slam e duas medalhas olímpicas — ouro e bronze — em pares. Kudla ainda andou à porta do top 50, mas nunca confirmou realmente o seu potencial nem conseguiu sequer chegar a qualquer final ATP.

Mas se a subida de Sock foi mais impressionante, a queda também. O tenista de Kansas City aparece esta semana fora do top 700, depois de ter ficado sem ranking na ressaca de uma época de 2019 em que, entre derrotas e lesões, não ganhou… a ninguém. Ficou sem pontos.

Esta sexta-feira, o duo reencontra-se de forma um tanto ou quanto inesperada nos quartos-de-final de Indian Wells, mas não do evento Masters 1000, que se joga para a semana. Jogarão por um lugar nas meias-finais… de um Challenger 125. A ocasião não deixa de ser importante para ambos, especialmente para Sock, que não ganha três encontros seguidos desde… novembro de 2017, quando venceu o Masters 1000 de Paris Bercy.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.