Sloane Stephens volta a ser feliz quase quatro anos depois e sagra-se campeã em Guadalajara

Por Pedro Gonçalo Pinto - Fevereiro 28, 2022

Quase quatro anos depois, Sloane Stephens voltou a sorrir. A norte-americana, que chegou a ser número três mundial, conquistou o WTA 250 de Guadalajara, ao levar a melhor na final sobre a checa Marie Bouzkova, que continua sem conhecer saber o que é erguer um troféu no WTA Tour, após perder a sua terceira decisão na carreira.

Stephens triunfou com os parciais 7-5, 1-6 e 6-2, ao cabo de 2h29, duração que mostra que até o terceiro parcial, aparentemente desequilibrado, apresentou várias oportunidades para Bouzkova que, no entanto, não as conseguiu aproveitar. Desta forma, a norte-americana celebrou o seu sétimo título da carreira e primeiro desde 2018, quando conquistou o conceituado torneio de Miami.

De resto, diga-se que Guadalajara se junta a uma lista de luxo por parte de Sloane Stephens. É que a norte-americana, que na atualização desta segunda-feira sobe ao 39.º posto do ranking WTA, junta este troféu aos títulos conquistados em Washington (2015), Auckland, Acapulco, Charleston (2016), US Open (2017) e Miami (2018).

  • Categorias:
  • WTA
Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.