Siniakova coleciona campeãs de Grand Slam na lista de vítimas em Montreal, Gauff começa bem

Por Pedro Gonçalo Pinto - Agosto 10, 2021
siniakova

Aí está a primeira grande surpresa do dia no WTA 1000 de Montreal. Katerina Siniakova, número 55 do mundo, juntou mais uma campeã do Grand Slam à lista de vítimas no Canadá e bateu Garbiñe Muguruza (9.ª WTA e 5.ª cabeça-de-série) rumo aos oitavos-de-final do importante torneio de preparação para o US Open. Desta forma, a checa mantém o embalo depois de conquistar a medalha de ouro em pares femininos nos Jogos Olímpicos, ao lado de Barbora Krejcikova.

Siniakova fechou em três, mas em menos de duas horas, com os parciais 6-2, 0-6 e 6-3, resistindo assim a um ‘pneu’ pelo meio. Certo é que, desta forma, somou uma das melhores vitórias da carreira e mantém-se na luta em Montreal, sendo a única jogadora nos ‘oitavos’ por agora. Aliás, de tal forma que a sua adversária ainda está na primeira ronda, visto que sairá deste lote: Elena Rybakina, Liudmila Samsonova, Carol Zhao ou Sara Sorribes Tormo.

Quem seguiu em frente sem problemas foi a jovem craque Coco Gauff. A 24.ª melhor jogadora do mundo despachou a sempre traiçoeira Anastasija Sevastova (64.ª), com os parciais 6-1 e 6-4, descomplicando a tarefa rumo à segunda ronda, onde vai medir forças com Anastasia Potapova. Por outro lado, Sloane Stephens venceu uma interessante batalha com Dayana Yastremska, por 6-4, 1-6 e 6-4, enquanto Camila Giorgi surpreendeu Elise Mertens, com os parciais 6-3 e 7-5.

  • Categorias:
  • WTA
Pedro Gonçalo Pinto