Sharapova e os problemas de Osaka: «É um ser humano fantástico que tem muito pela frente»

Por Bola Amarela - Setembro 10, 2021
sharapova-therabody

Agora com 34 anos, Maria Sharapova está a explorar uma nova vida. A ex-tenista e antiga número um do mundo está retirada desde o início de 2020 e deu uma entrevista na qual fala sobra a nova perspetiva que tem do mundo, mas também falou sobre ténis, claro. E sobre um dos temas mais impactantes dos últimos meses: os problemas de Naomi Osaka e a questão da saúde mental.

“Todos devemos apoiar os atletas que estão a atravessar momentos difíceis. Naomi é uma tenista incrível e um ser humano fantástico que tem muito pela frente. Há que respeitar a decisão que tomou numa altura vulnerável. Não há muita gente que saiba o que se passa por trás das cortinas nem sabem como os jogadores se sentem porque só olham para o que se passa no court. Quanto mais apoio lhes dermos, melhores serão e melhor jogarão”apontou a russa.

Ainda assim, explicou que é importante estar presente nos compromissos com a imprensa. “Nos dias difíceis, uma pessoa tem de estar lá nas conferências de imprensa, continuar a ser profissional e falar sobre o encontro. Trata-se de estabelecer certas regras porque cada pessoa é diferente e o que é sensível para um pode não ser paraoutro“, referiu.

Sobre essa nova fase da vida, Sharapova diz que vê um mundo novo. “Tinha vontade de experimentar e explorar o mundo com outra perspetiva. Antes ia para uma cidade e só pensava no que dizia respeito ao aspeto desportivo. Pensava no torneio, na recuperação e, quando perdia, em arrumar tudo para ir para o próximo sítio. Não tinha muito tempo para visitar sítios e entender o verdadeiro significado dos locais”confessou.

  • Categorias:
  • WTA
Bola Amarela