Shapovalov fica muito perto da derrota mas sobrevive e avança para os ‘quartos’ em Lyon

Por Nuno Chaves - Maio 22, 2019
Denis-Shapovalov
Tennis – ATP 1000 – Monte Carlo Masters – Monte-Carlo Country Club, Roquebrune-Cap-Martin, France – April 15, 2019 Canada’s Denis Shapovalov celebrates during his first round match against Germany’s Jan-Lennard Struff REUTERS/Eric Gaillard – RC134F466100

Esteve… muito complicado. Denis Shapovalov, jovem de apenas 20 anos e um dos candidatos a vencer o ATP 250 de Lyon, garantiu a sua passagem para os quartos de final da competição francesa mas a derrota acabou por ser, a certa altura, o cenário mais provável.

O canadiano, que teve pela frente o francês Ugo Humbert, venceu com os parciais de 2-6, 7-6(3) e 6-2, num total de 2h18 minutos de jogo. Ainda assim, Shapovalov esteve a perder por 2-6, 4-5 e 0-30 (no seu serviço) mas conseguiu recuperar a desvantagem. Shapo ainda serviu com 6-5 para levar o jogo para o terceiro set mas foi quebrado e só no tie-break é que se conseguiu impôr.

No terceiro set, o número 23 mundial foi claramente superior e não sentiu grandes dificuldades para seguir em frente.

O seu próximo adversário é o francês Benoit Paire.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.