Schwartzman sobre Korda: «Lembra-me muito Tomas Berdych»

Por José Morgado - Março 30, 2021
sebi-korda

Diego Schwartzman, número 9 do ranking mundial, vai defrontar esta terça-feira o norte-americano Sebastian Korda, de 20 anos, nos oitavos-de-final do ATP Masters 1000 de Miami, naquele que será o primeiro encontro entre os dois. O argentino de 28 anos vê algumas semelhanças entre o filho de Petr Korda… e o checo Tomas Berdych, retirado em 2019. Recorde-se que os pais de Korda são ambos ex-tenistas de topo da República Checa.

“Vejo muito do Tomas Berdych no Korda. Tem uma velocidade média de bola muito alta, joga muito chapado e é muito coordenado na linha de fundo. Tenho de tentar impedir que ele bata a bola na sua zona de conforto e que tenha a oportunidade de bater duas ou três bolas no mesmo sítio. Se ele estiver cómodo fica complicado para mim”, confessou Peque, que perdeu na única vez em que defrontou Berdych no circuito.

Schwartzman voltou ainda a falar da velocidade dos courts em Miami. “Eu gosto. Este ano está mais lento do que em 2019, está mais parecido com aquilo que acontecia em Key Biscane. Para mim as condições estão ótimas, quando as bolas são novas andam bastante mais e isso é bom”.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.