Schwartzman aponta o momento em que pensa colocar um ponto final na carreira

Por Pedro Gonçalo Pinto - Setembro 29, 2022
Schwartzman
Foto: Bruno Alencastro/Bola Amarela

Diego Schwartzman é uma das presenças habituais entre os melhores do Mundo, mostrando uma enorme solidez ao longo dos anos. No entanto, o argentino confessa que pode não durar muito mais no circuito, tendo em conta a vida exigente que os tenistas sul-americanos têm. Nesse sentido, agora com 30 anos, aponta a idade com que poderá colocar um ponto final na carreira.

“Acho que os 33 anos podem ser uma boa idade para um tenista sul-americano acabar a carreira. Para nós é mais complicado porque temos de estar em viagem durante muito tempo, sem poder voltar a casa, como os europeus fazem. Isso é duro”, apontou ao portal Ubitennis.

Por outro lado, Schwartzman também reconheceu que cometeu um erro esta temporada. “Numa época tão longa, é impossível manter o nível todo o ano, mas a verdade é que me enganei ao jogar em terra batida depois de Wimbledon. Fiquei sem tempo para descansar e paguei isso com derrotas que não estavam nos planos. Comecei a sentir-me melhor nos Estados Unidos, onde perdi com Tsitsipas e Tiafoe tendo boas sensações. Agora estou bem de novo, adoro jogar indoor”, garantiu.

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.