Sakkari dedica título ao avô que faleceu e lembra: «Disseram que nunca mais ganharia nada»

Por José Morgado - Setembro 24, 2023

Maria Sakkari conquistou este sábado ao final da noite o título no WTA 1000 de Guadalajara. É o segundo título da carreira da grega de 28 anos, que apesar de ser top 10 há dois anos tinha apenas um troféu no palmarés, no WTA 250 de Rabat, em maio de 2019. No discurso de vitória e um pouco à semelhança do que havia acontecido recentemente com Coco Gauff após vencer o US Open, a grega não esqueceu… que nunca acreditou.

“Quero agradecer ao meu treinador que está comigo há cinco anos. Esperámos quatro por este título. Ouvi muita coisa nos últimos tempos. Disseram que nunca mais ganharia um título e que era uma vergonha ser uma top 5 com apenas um título. Foi muito difícil ouvir e digerir tudo isso, pelo que este troféu é ainda mais emocionante”, confessou ainda durante a cerimónia de entre dos troféus.

Sakkari aproveitou ainda este momento de emoção e conquista para dedicar o título ao seu avô, que faleceu recentemente. Quero agradecer à minha família. Eu gostaria que eles estivessem aqui comigo. Quero dedicar este troféu ao meu avô que faleceu no ano passado e à minha avó que está em casa a assistir a tudo”.

Que história México: Sakkari conquista maior título da carreira semanas após querer parar de jogar

  • Categorias:
  • WTA
Apaixonei-me pelo ténis na épica final de Roland Garros 2001 entre Jennifer Capriati e a Kim Clijsters e nunca mais larguei uma modalidade que sempre me pareceu muito especial. O amor pelo jornalismo e pelo ténis foram crescendo lado a lado. Entrei para o Bola Amarela em 2008, ainda antes de ir para a faculdade, e o site nunca mais saiu da minha vida. Trabalhei no Record e desde 2018 pode também ouvir-me a comentar tudo sobre a bolinha amarela na Sport TV. Já tive a honra de fazer a cobertura 'in loco' de três dos quatro Grand Slams (só me falta a Austrália!), do ATP Masters 1000 de Madrid, das Davis Cup Finals, muitas eliminatórias portuguesas na competição e, claro, de 13 (!) edições do Estoril Open. Estou a ficar velho... Email: josemorgado@bolamarela.pt