Safin: «Não tenho namorada, mulher, filhas, nem amigos. Só dois gatos»

Um génio dentro do court mas muito louco fora dele, Marat Safin, ex-número um mundial e agora também deputado do Parlamento russo, continua a brindar-nos de vez em quando com algumas entrevistas que ficam na memória. Numa das mais recentes, para o site ‘Sports.Ru’, o homem que jogou em Portugal por algumas ocasiões abriu o coração sobre a parte mais pessoal da sua vida.

“Não tenho namorada, nem mulher, nem filhos, nem sequer amigos. Não quero cá relacionamentos. Tenho dois gatos. Deus não existe, mas não estamos sozinhos no Universo”, assegurou o russo, finalista do Estoril Open em 2004, perdendo apenas com Juan Ignacio Chela — atual treinador do compatriota Diego Schwartzman — no encontro de discussão do título, no Jamor.

Safin tem saltado muitas vezes para a praça pública nos últimos meses para criticar a nova geração do ténis mundial.