Rybakina nunca se cansa: nos ‘oitavos’ de Doha após 12.º encontro em 15 dias

Por José Morgado - Fevereiro 25, 2020
rybakina

Elena Rybakina até pode ser jovem — tem apenas 20 anos — mas não deixa de ser simplesmente incrível aquilo que tem feito nas últimas semanas no circuito WTA. Depois de ter sido vice-campeã em São Petersburgo, na Rússia, e no Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, a jovem cazaque já está nos oitavos-de-final do WTA Premier 5 de Doha, no Qatar, depois de esta terça-feira ter vencido mais um encontro maratona, o seu 12.º nos últimos 15 dias… em três países e condições de jogo diferentes.

A ‘vítima’ foi desta feita a belga Alison Van Uytvanck, número 62 WTA, derrotada por 5-7, 6-2 e 7-6(8), após ter um match point, num encontro resolvido num tie-break épico e com um dos ‘shots’ da temporada. Para ver… e rever!

Rybakina, que já chegou a quatro finais em 2020, vai defrontar nos oitavos-de-final de quarta-feira a única jogadora que este ano a eliminou antes da final de um torneio: Ash Barty, número um do Mundo, que despachou na segunda ronda a alemã Laura Siegemund, por 6-3 e 6-2.

Karolina Pliskova, Belinda Bencic e Garbiñe Muguruza integram o lote de tenistas que também se apuraram para o top 16 da prova, que não contará com a campeã do Australian Open, Sofia Kenin.

  • Categorias:
  • WTA
José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.