Raonic salva dois match points e bate Humbert em duelo ÉPICO rumo às ‘meias’ em Paris

Por Tiago Ferraz - Novembro 6, 2020
raonic-paris

O tenista canadiano Milos Raonic, finalista em 2014, bateu esta sexta-feira o francês Ugo Humbert, campeão em Antuérpia na semana passada num encontro emocionante em que salvou dois match points com parciais de 6-3, 3-6 e 7-6(7) para marcar presença nas meias-finais.

O encontro era esperado com grande expectativa uma vez que o francês chegava aqui num excelente momento depois do título conquistado na última semana em Antuérpia, na Bélgica, mas no primeiro set foi Raonic quem tomou conta das operações.

O canadiano, que já não tem hipótese de marcar presença em Londres, até teve que enfrentar dois pontos de break no jogo inaugural, mas salvou-os e teve a capacidade para ser ele próprio a provocar o break ao adversário no quarto jogo (3-1).

Com o break de vantagem Milos Raonic esteve tranquilo e acabou por vencer a partida inicial com um resultado de 6-3 a seu favor.

No segundo set tudo mudou: Humbert entrou bastante autoritário e conseguiu mesmo fazer o break no segundo jogo (2-0), servindo depois para o 3-0. Perante este cenário Milos Raonic ainda tentou, mas Humbert não cedeu conquistou a segunda partida com um resultado de 6-3.

Na terceira e decisiva partida o equilíbrio voltou a ser nota dominante uma vez que os tenistas venceram os seus respetivos jogos de serviço para deixar tudo igual no final dos 12 jogos regulamentares.

O encontro seguiu para um tie-break decisivo e nessa fase o canadiano enfrentou match points, mas subiu o seu nível de jogo e acabou por vencer par marcar presença nas meias-finais em Paris.

Nas meias-finais o canadiano vai medir forças com o russo Daniil Medvedev que conseguiu eliminar o argentino Diego Schwartzman com uma exibição bem autoritária.

Tiago Ferraz
Jornalista de formação, apaixonado por literatura, viagens e desporto sem resistir ao jogo e universo dos courts. Iniciou a sua carreira profissional na agência Lusa com uma profícua passagem pela A BolaTV, tendo finalmente alcançado a cadeira que o realiza e entusiasma como redator no Bola Amarela desde abril de 2019. Os sonhos começam quando se agarram as oportunidades.