Rafael Nadal admite: «Querrey jogou muito bem, a roçar a perfeição»

Por admin - 5 Março, 2017

Rafael Nadal, número seis do ranking mundial, falhou durante a madrugada deste domingo a conquista do seu terceiro título em Acapulco e justificou essa derrota na final do ATP 500 mexicano com o excelente nível exibido pelo norte-americano Sam Querrey, 40.º do Mundo, que venceu pelos parciais de 6-3 e 7-6(3), em 1h34 de embate.

“Ele jogou muito bem, a roçar a perfeição. Eu joguei sob muita pressão por causa do seu serviço e jogo de fundo de court. Deixou-me com muito poucas opções, e as poucas que tive ele jogou bem. Tenho de lhe dar os parabéns. Estou muito feliz com esta semana e com o meu jogo”, elogiou Nadal, segundo cabeça de série.

Com esta derrota na final, Rafael Nadal viu ser travada uma série de 14 triunfos consecutivos no torneio de Acapulco sem ceder qualquer set, tendo sido campeão nas suas duas participações, tanto em 2005 como em 2013.