Primeira ministra sérvia responsabiliza-se pelo Adria Tour: «Deixem Nole em paz»

Por Tiago Ferraz - Junho 29, 2020
djokovic-adriatour

A primeira ministra sérvia Ana Brnabic mostrou solidária com Novak Djokovic depois do ‘ataque’ que o sérvio tem sofrido devido à polémica à volta do Adria Tour.

“Eu dou todo o meu apoio ao Novak Djokovic, ele tentou fazer algo bom não só para nós aqui na Sérvia, mas também na região. Tentou ajudar jovens tenistas, juntou dinheiro para causas humanitárias e fez alguma coisa. Parabéns! Quer seja isto certo ou não, em qualquer caso, é mais fácil que todos critiquem alguém que tinha o objetivo de fazer algo bom e nobre. Djokovic deu a sua energia e, provavelmente, muito dinheiro”, disse.

Ana Brnabic quer que Djokovic seja ‘ilibado’ de toda esta situação e já tem uma solução que passa por algo simpático na perspetiva do sérvio.

“Esta é a coisa mais fácil e bonita de fazer. Adorava que eles colocassem a culpa toda em mim, enquanto primeira ministra, e que deixassem o Novak em paz. Eu adorava mesmo que isso acontecesse. A culpa é nossa. Nós aliviamos as medidas. Se não o tivéssemos feito, não haveria torneio (…)”, afirmou.

A primeira ministra sérvia puxa dos galões e é taxativa com um pedido claro:

“Vou pedir desculpa as vezes que forem necessárias. Quero apenas que deixem o Novak Djokovic em paz”, rematou.

Tiago Ferraz
Jornalista de formação, apaixonado por literatura, viagens e desporto sem resistir ao jogo e universo dos courts. Iniciou a sua carreira profissional na agência Lusa com uma profícua passagem pela A BolaTV, tendo finalmente alcançado a cadeira que o realiza e entusiasma como redator no Bola Amarela desde abril de 2019. Os sonhos começam quando se agarram as oportunidades.