Presidente do ATP admite ter conversa pendente com Djokovic

Por José Morgado - Novembro 7, 2020
djokovic-rg

Andrea Gaudenzi, italiano que preside o ATP Tour desde o início deste ano, tem tido em Novak Djokovic, número um do ranking, um dos seus principais opositores. O antigo presidente do Conselho de Jogadores é agora o co-presidente de uma nova associação de tenistas (PTPA) e Gaudenzi não esconde que há um desconforto entre os dois.

“Tem sido um período muito difícil para os jogadores. Em finais de novembro ou em dezembro vamos falar com os jogadores. Estamos abertos a debater com o Novak Djokovic e com a PTPA, pois este é um momento onde devemos procurar a união e não o conflito. Temos essa conversa pendente. Os jogadores precisam dos torneios, os torneios precisam com os jogadores e não poderemos fazer as mudanças necessárias se não houver união entre todos nós”, assumiu o italiano em entrevista ao ‘Le Figaro’.

Apaixonei-me pelo ténis na épica final de Roland Garros 2001 entre Jennifer Capriati e a Kim Clijsters e nunca mais larguei uma modalidade que sempre me pareceu muito especial. O amor pelo jornalismo e pelo ténis foram crescendo lado a lado. Entrei para o Bola Amarela em 2008, ainda antes de ir para a faculdade, e o site nunca mais saiu da minha vida. Trabalhei no Record e desde 2018 pode também ouvir-me a comentar tudo sobre a bolinha amarela na Sport TV. Já tive a honra de fazer a cobertura 'in loco' de três dos quatro Grand Slams (só me falta a Austrália!), do ATP Masters 1000 de Madrid, das Davis Cup Finals, muitas eliminatórias portuguesas na competição e, claro, de 13 (!) edições do Estoril Open. Estou a ficar velho... Email: josemorgado@bolamarela.pt