Pospisil: «Os tenistas não têm qualquer proteção da ATP»

Por Nuno Chaves - Outubro 18, 2020
pospisil

Vasek Pospisil, líder a par de Novak Djokovic da nova associação de jogadores, deu uma entrevista à Tennis Majors onde explicou o porquê da criação desta nova entidade.

O tenista canadiano não deixou nada por dizer. “A razão principal é simplesmente porque no ténis há um problema desde há 30 anos e é que não estamos representados como gostaríamos. Não somos uma voz unificada, não temos influência nas decisões que determinam outras propriedades. O problema é a estrutura da ATP”, explicou.

“Isto é algo que os jogadores queriam. Outros desportos têm e outros não. Disse a mim mesmo: ‘Vamos fazer isto. No ano passado já começámos a desenvolver alguns tópicos com o Novak e alguns jogadores. Estávamos de acordo com 70 mulheres do top 100 e 80 homens do top 100. O objetivo era renegociar o dinheiro dos prémios do Grand Slam, redistribuir lucros, canalizar qualquer êxito que tivéssemos nos Challengers”, afirmou Pospisil.

Pospisil, apesar das críticas à estrutura da ATP, não fecha (de todo) a porta a uma ligação com a organização do ténis masculino. “Não vejo o porquê de não convivermos juntos. De certa forma, a PTPA é uma substituição do Conselho de Jogadores. O que realmente importa é ter proteção porque agora mesmo não estamos protegidos dentro da ATP. O circuito parece tudo normal mas dentro da ATP não temos nenhuma proteção e foi por isso que apareceu esta associação”, concluiu.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.